top of page
focosmais-header-blog.png

Assine nossa newsletter!

Pronto, você está cadastrado(a) na nossa Newsletter

10 Dicas para Organizar Informações Empresariais para Envio à Contabilidade



Artigo produzido por Victória Pedrosa.

Uma gestão financeira eficiente e uma contabilidade precisa são essenciais para o sucesso de qualquer empresa. A organização adequada das informações antes de enviá-las para o contador pode facilitar todo o processo contábil, economizando tempo e reduzindo erros. Neste artigo, apresentamos 10 dicas valiosas para ajudar você a organizar as informações da sua empresa antes de enviá-las à contabilidade.


1. Agrupe Documentos em Pastas Organizadas

Antes de enviar a documentação à contabilidade, crie pastas digitais bem organizadas para cada tipo de documento, como recibos, faturas, contratos, entre outros. Isso facilita a localização e o acesso às informações necessárias.

A falta de organização pode levar a atrasos no processamento contábil, resultando em possíveis penalidades e dificuldades na tomada de decisões baseadas em informações financeiras desatualizadas ou imprecisas.


2. Compacte Documentos em Formato ZIP

Para facilitar o envio e a organização, agrupe documentos relacionados em pastas ZIP (compactadas). Isso reduz o tamanho dos arquivos e ajuda a evitar a confusão de vários documentos soltos.

Enviar documentos de maneira dispersa pode resultar em confusão e perda de informações importantes. Isso pode levar a erros contábeis e atrasos na análise financeira.



3. Arquivos Bancários em Formato OFX

Envie os extratos bancários em formato OFX (Open Financial Exchange), que é amplamente utilizado pelas instituições financeiras. Isso agiliza a importação das transações para o sistema contábil.

Utilizar formatos inadequados para os extratos bancários pode dificultar a importação correta das transações para o sistema contábil. Isso pode levar a lançamentos incorretos e dificuldades na conciliação.


4. Inclua Arquivos de Aplicações Financeiras

Se sua empresa possui investimentos em aplicações financeiras, como fundos de investimento, ações ou títulos, lembre-se de enviar os extratos correspondentes. Isso ajuda a ter uma visão completa das finanças da empresa.

A omissão de informações sobre investimentos pode resultar em lacunas na análise financeira. Isso pode impactar negativamente as decisões de investimento e a estratégia financeira da empresa.


5. Encaminhe Contratos de Aluguéis e Vendas de Imóveis

Qualquer contrato de aluguel ou venda de imóveis deve ser encaminhado à contabilidade. Esses documentos são essenciais para a correta apuração de tributos e reconhecimento de receitas.


A falta de informação sobre contratos imobiliários pode levar a erros na apuração de tributos e no reconhecimento de receitas, podendo resultar em autuações fiscais.




6. Notifique sobre Venda de Produtos Não Relacionados

Caso sua empresa venda produtos que não fazem parte da atividade principal, informe à contabilidade para que essas receitas sejam tratadas corretamente. Isso evita a classificação errônea das receitas e despesas.

Não informar sobre vendas de produtos fora da atividade principal pode causar a má classificação das receitas e despesas, o que pode levar a distorções nas demonstrações financeiras.



7. Registre Pagamentos à Autônomos (RPA)

Caso a empresa contrate autônomos ou prestadores de serviços, registre e envie os documentos relacionados, como Recibos de Pagamento a Autônomo (RPA). Essa informação é importante para a apuração correta dos tributos.

A falta de registros adequados de pagamentos a autônomos pode resultar em problemas trabalhistas e fiscais, gerando autuações e multas e eventualmente processos trabalhistas.


8. Comunique Demissões e Contratações

Antes de efetuar demissões ou contratações, comunique à contabilidade. Isso permite o planejamento adequado dos encargos trabalhistas e tributos relacionados.

A falta de comunicação prévia sobre demissões e contratações pode levar a erros nos cálculos de encargos trabalhistas e tributos, causando problemas financeiros e jurídicos.



9. Informe sobre Eventuais Restituições e Compensações Tributárias (ERTC)

Caso sua empresa tenha direito a restituições e compensações tributárias, informe à contabilidade. Isso ajuda a acompanhar o status e agiliza o processo de recuperação de créditos.


Não informar sobre possíveis restituições ou compensações pode resultar na perda de oportunidades de recuperar créditos tributários, afetando negativamente o fluxo de caixa da empresa.


10. Mantenha uma Comunicação Constante com o Contador

A comunicação eficiente com o contador é fundamental. Mantenha-o informado sobre qualquer alteração nas operações da empresa, para que a contabilidade possa ser ajustada de acordo.

A falta de comunicação com o contador pode levar a decisões financeiras baseadas em informações incorretas ou desatualizadas, prejudicando a estratégia empresarial.


Conclusão

Organizar as informações da sua empresa antes de enviá-las à contabilidade é um passo crucial para garantir a precisão e a eficiência do processo contábil.


Ao seguir essas 10 dicas, você estará contribuindo para uma contabilidade mais fluida e precisa, permitindo que sua empresa mantenha o foco no crescimento e na excelência operacional.


Lembre-se de que uma parceria colaborativa entre a empresa e o contador é a chave para o sucesso financeiro e contábil. A desorganização pode resultar em erros contábeis, atrasos, penalidades fiscais e dificuldades na tomada de decisões. Ao seguir essas dicas e entender as implicações do descumprimento, você estará preparado para uma contabilidade precisa e uma gestão financeira mais sólida. A colaboração com o contador é vital para garantir a saúde financeira da empresa.


Alguns tópicos que também podem ser de seu interesse:




Nos acompanhe também nas mídias sociais:




20 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


categorias:

recentes:

notícias:

dúvidas?

bottom of page