Você sabe como calcular seus impostos?

Artigo produzido por Victoria Ferreira Santos Pedrosa.

Aprenda a calcular com a Focosmais e garanta uma boa gestão dos seus gastos e com planejamento para a sua empresa decolar! O primeiro passo é verificar o regime tributário escolhido pela sua empresa. Os 3 regimes tributários existentes no Brasil atualmente, são:


  1. Lucro Presumido

  2. Lucro Real

  3. Simples Nacional


Neste blog, iremos nos aprofundar no cálculo dos tributos das Empresas com Regime Tributário de Lucro Presumido e de Lucro Real. A apuração do Simples Nacional ficará para outro blog.


Em seguida, aplique as alíquotas dos impostos, estabelecidas em seu regime tributário, com o valor da receita bruta em mãos se o regime for lucro presumido, ou lucro apurado (receitas - despesas) se o regime for lucro real, conforme a explicação a seguir.



Tributos Mensais



São cobrados mensalmente das empresas os tributos federais do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS), da seguinte forma.



Empresas do Simples Nacional - DAS

O DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional) é o documento cobrado mensalmente, no qual, as empresas optantes do Simples Nacional e MEI (Micro Empreendedor Individual), pagam todos os tributos mensais devidos (Cofins, CPP, CSLL, ICMS, IRPJ, ISS e PIS/PASEP). Mas, o cálculo do DAS será assunto para um outro post.


  • ISS

O Imposto Sobre Serviços (ISS) incide sob as notas fiscais de prestação de serviços, em regra, deve ser recolhido mensalmente pelo prestador do serviço. Se o ISS for retido na fonte o recolhimento deverá ser feito pelo tomador do serviço. Na Lei Complementar 116/2003 terá a lista de atividades nas quais há incidência deste imposto. A alíquota é determinada pela cidade na qual o serviço está sendo prestado, não podendo ser superior a 5%.


As exportações de serviços para o exterior do País não sofrem incidência de ISS por ser um imposto de competência Municipal e do Distrito Federal.


ISS a ser recolhido = Valor do Serviço X Alíquota do ISS


  • ICMS

O Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS) é de competência estadual incidindo quando há circulação de mercadorias ou serviços entre estados e cidades. Cada estado tem sua própria alíquota.


Preço do produto ou serviço prestado X alíquota praticada no Estado de origem


Quando este imposto incide na circulação de mercadorias ou serviços entre estados e cidades distintas há incidência do DIFAL.


DIFAL: Explicamos o cálculo do ICMS com diferencial de alíquota em nosso canal no YouTube. Clique aqui para saber mais.



  • IPI

O Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) é um imposto federal que incide sobre os produtos que saem das indústrias e sob os produtos importados. Sua alíquota é variável de acordo com a Tabela de Incidência do Imposto sobre Produtos Industrializados (TIPI).


IPI: (Alíquota / 100) X Base de cálculo

Base de cálculo = (Valor do produto + Seguro + Frete + Outras Despesas Acessórias)



Tributos Trimestrais



São cobrados trimestralmente das empresas os tributos federais: Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) e a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) conforme tabela abaixo:




Tributos Anuais



As empresas de Lucro Real podem optar pelo pagamento único anual dos impostos IRPJ e CSLL, ao invés, do pagamento trimestral. Agora você já está preparado para calcular os impostos da sua empresa e ter um panorama geral da tributação do seu negócio!


Saber calcular os impostos nos auxilia não apenas para evitar pagamentos indevidos bem como no planejamento financeiro e permitir uma boa gestão dos gastos futuros, além de evitar cair em malha fiscal, multas, cobrança de juros, redução das linhas de crédito, perda ou apropriação de créditos tributários, e autuação do Fisco.


Por isso, é importante contratar um serviço contábil eficiente. Para evitar problemas graves para organização, como os citados acima, contrate uma empresa contábil atualizada, preparada para orientar sobre suas situações tributárias e fiscais, inclusive no cálculo dos impostos.



Gostou? Qualquer dúvida e/ou sugestão, deixe nos campos dos comentários e se este tópico lhe foi útil, clique no coraçãozinho e compartilhe para que mais pessoas aprendam a calcular seus impostos.


Alguns tópicos que também podem ser de seu interesse: