top of page
focosmais-header-blog.png

Assine nossa newsletter!

Pronto, você está cadastrado(a) na nossa Newsletter

Nota fiscal de devolução tem prazo de emissão?



Artigo desenvolvido por Ciane Cabral.

Precisa emitir uma nota fiscal de devolução e não sabe qual o prazo? Fica por aqui que iremos te explicar!


O que é uma nota fiscal de devolução?

É um documento utilizado para registrar o retorno de mercadorias ou serviços adquiridos de um fornecedor ou prestador de serviços. Essa devolução pode ocorrer por diversos motivos, como, por exemplo: defeitos nos produtos, insatisfação do cliente, erro no pedido, entre outros.


Ela é emitida pelo comprador, ou seja, pela pessoa ou empresa que está devolvendo os itens. E serve para formalizar a devolução e regularizar a situação fiscal, garantindo que tanto o comprador quanto o fornecedor tenham registros das transações.


Dica do mestre: Inclua informações claras e precisas sobre o motivo da devolução, como defeito, troca, insatisfação do cliente, entre outros. Isso ajudará na correta contabilização e tratamento fiscal da operação.


A nota fiscal de devolução possui prazo?

A nota fiscal de devolução não possui um prazo específico estabelecido pela legislação fiscal. No entanto, é recomendável que ela seja emitida e registrada no momento em que ocorre a devolução.


A ausência de um prazo de validade não significa que a nota fiscal de devolução possa ser emitida a qualquer momento. É importante que a devolução seja devidamente documentada e registrada dentro de um prazo, para que não haja inconsistências nas transações comerciais e para garantir a correta apuração de impostos e o cumprimento das obrigações fiscais.


Além disso, a nota fiscal de devolução deve estar vinculada à nota fiscal original de compra, pois ela serve para cancelar ou ajustar os valores e informações contidos na nota fiscal de venda original.


É importante observar que o cumprimento dos prazos é essencial para a regularidade fiscal da empresa e para o aproveitamento de eventuais créditos ou ressarcimentos de impostos.


Portanto, é recomendável consultar a legislação tributária específica do seu estado, bem como buscar orientação de um contador, para garantir o cumprimento correto dos prazos estabelecidos.


Qualquer dúvida, conte com o time de especialistas da Focosmais. Se este tópico lhe foi útil, clique no coraçãozinho e compartilhe.



Alguns tópicos que também podem ser de seu interesse:




Nos acompanhe também nas mídias sociais:



20 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


categorias:

recentes:

notícias:

dúvidas?

bottom of page