top of page
focosmais-header-blog.png

Assine nossa newsletter!

Pronto, você está cadastrado(a) na nossa Newsletter

Demonstração de fluxo de caixa: O que é e como analisar?



Artigo produzido por Jéssica Silva. Você já deve ter ouvido falar na DFC, não é mesmo?  Então, hoje iremos abordar tudo sobre a demonstração de fluxo de caixa, para que você entenda como analisar esse demonstrativo.

O que é a DFC?

A demonstração de fluxo de caixa nada mais é do que um relatório contábil, com a finalidade de descrever todas as entradas e saídas de recursos financeiros da empresa. 


Com relação às entradas, elas são provenientes dos ganhos com serviços, vendas e investimentos ou recebimentos dos ativos. Enquanto que as saídas, são decorrentes das despesas para gerar os ganhos, como pagamentos a fornecedores, distribuição de lucros, entre outros.



Qual a finalidade da DFC?

A principal finalidade desta demonstração é analisar em um determinado período de tempo, a capacidade que a empresa possui para gerar fluxo de caixa. Permitindo então, que investidores que desejam comprar parte de uma empresa, consigam identificar em quanto tempo terá retorno do investimento realizado, além de detectar possíveis erros financeiros e fraudes na empresa.


Obrigatoriedade da DFC:

A LEI de nº 11.638/2007, informa que a demonstração de fluxo de caixa é obrigatória para organizações de capital aberto e para as demais empresas que possuem patrimônio líquido superior a R$2 milhões.

Mesmo que não esteja dentro da obrigatoriedade, nada impede que você possa solicitar esse demonstrativo para contabilidade, a fim de entender como anda a saúde financeira da sua empresa.



Diferença entre DFC e DRE:

Esses dois demonstrativos têm grande importância para a análise da situação econômico financeira da empresa. Sendo que na demonstração de fluxo de caixa (DFC) é analisada com base no regime de caixa, com intuito de averiguar como anda a saúde financeira da empresa. Com relação a demonstração do resultado do exercício (DRE), temos como base o regime de competência, onde será demonstrado todas as receitas, custos/despesas, para então chegar a um lucro ou prejuízo do período. Análise da DFC:Esse demonstrativo comparado aos demais é bastante simples para ser analisado, isso porque a equação é basicamente: 

Receita – Despesas = Fluxo de caixa. 


Quando o resultado for positivo, significa que a empresa está com uma boa saúde financeira, caso o resultado seja negativo, provavelmente houve mais saídas do que entradas, desta forma, sendo necessário analisar possíveis estratégias para reverter esse cenário.

Portanto, é necessário que a contabilidade da sua empresa esteja organizada, para desta forma, refletir no cenário mais próximo da realidade da empresa. 


Não perca mais tempo sem saber o cenário financeiro da sua empresa, solicite este demonstrativo e caso tenha dúvidas a respeito, procure nosso time de especialistas da Focosmais.

Alguns tópicos que também podem ser de seu interesse:




Nos acompanhe também nas mídias sociais:







13 visualizações0 comentário

Commenti


categorias:

recentes:

notícias:

dúvidas?

bottom of page